sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

LANÇAMENTOS | Editora Intrínseca - Fevereiro 2016

fevereiro 12, 2016
EstanteIntrinsecaFev16_Facebook

Olá, meus amores. Como estão? Trago para vocês os lançamentos incríveis da nossa parceira Editora Intrínseca. Há vários livros e de variados gêneros, para todos os gostos! Vamos conferir e aumentar a nossa listinha de livro? hahaha.

Depois de você, de Jojo Moyes
Lou ainda não superou a perda de Will. Morando em um flat em Londres, ela trabalha como garçonete em um pub no aeroporto. Certo dia, após beber muito, Lou cai do terraço. Ao se recuperar, Lou sabe que precisa dar uma guinada na própria história e acaba entrando para um grupo de terapia de luto. Os membros compartilham sabedoria, risadas, frustrações e biscoitos horrorosos. Quando tudo parece estar se encaixando, alguém do passado de Will surge e atrapalha os planos de Lou, levando-a a um futuro totalmente diferente.                                 
Leia mais sobre a obra aqui
O universo numa casca de noz, de Stephen Hawking
Nesse que é um dos maiores clássicos do pensamento científico moderno, Stephen Hawking utiliza ilustrações, fotos e esquemas detalhados para mostrar grandes descobertas no campo da física teórica. Tudo isso, é claro, com sua reconhecida clareza, elucidando temas complexos por meio de conceitos e ideias do dia a dia, como inflação, cartas de baralho e linhas ferroviárias, e permeado com seu peculiar senso de humor.                                                                                           
Leia mais sobre a obra aqui
Cidade dos etéreos, de Ransom Riggs
Cidade dos etéreosNo segundo livro da série iniciada em O orfanato da srta. Peregrine para crianças peculiares, o grupo de peculiares precisa deter um exército de monstros terríveis, e a srta. Peregrine, única pessoa que pode ajudá-los, está presa no corpo de uma ave. Jacob e seus novos amigos partem rumo a Londres, cidade onde os peculiares se concentram. Eles têm a esperança de, lá, encontrar uma cura para a querida srta. Peregrine.                     
Leia mais sobre a obra aqui
Simon vs. a agenda homo sapiens, de Becky Albertalli
Simon vs. a agenda Homo SapiensSimon tem dezesseis anos e é gay, mas ninguém sabe. Sair ou não do armário é um drama que ele sempre preferiu deixar para depois. Ele só não contava que Martin, o bobão da escola, iria chantageá-lo ao descobrir sua troca de e-mails com Blue, pseudônimo de um garoto misterioso que a cada dia faz o coração de Simon bater mais forte.                                                               
Leia mais sobre a obra aqui
Uma vida no escuro, de Anna Lyndsey
Uma vida no escuroO que começou como um desconforto diante da tela do computador revelou-se uma grave sensibilidade a qualquer fonte de luz. Em pouco tempo, Anna Lyndsey precisou abrir mão da casa, da independência e de qualquer possibilidade de planos futuros para viver em um quarto completamente escuro. Uma surpreendente história real de superação e esperança.                   
Leia mais sobre a obra aqui
Um presente da Tiffany, de Melissa Hill
Um presente da TiffanyVéspera de Natal na Quinta Avenida: dois homens estão comprando presentes para as mulheres que amam. Gary quer dar para a namorada, Rachel, uma pulseira de berloques, enquanto Ethan está procurando algo mais especial – um anel de noivado. 
Leia mais sobre a obra aqui

E esses foram os lançamentos da Editora Intrínseca, pessoal. Realmente, este mês a editora avassalou os corações dos seus leitores. E o que falar do livro "Depois de você" e "Uma vida no escuro"? Simplesmente necessito. Enfim, não deixem de comentar sobre o que acharam e quais são os desejados de vocês. 
Beijos e até a próxima!

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

9 on 9 | Livros que me fizeram feliz

fevereiro 10, 2016
Eu tentando fazer uma foto diferente, bonita e legal, acabou saindo essa coisa triste e essa letra pior ainda kkkkkk ^^

Hey, pessoal! Como estão? Espero que estejam bem. Bom, depois desse longo carnaval, cheio de festas, alegrias e etc. Para mim, foi um desanimo, mas, odeio sair nessa época. E do que melhor que ficar lendo, ouvindo música e assistindo filme em casa ao invés de ouvir "tra tra tra tra tra"? Realmente, gente, não sei quem gosta e peço desculpas, saibam que odeio essa música, mas, respeito quem gosta, até porque, gosto é gosto.

Mas enfim, a Lê do blog Coisas de Mineira, me chamou para participar de um projeto fotográfico. E claro, não poderia deixar de participar, até porque nas outras que participei nunca tava certo. Mas dessa vez, com certeza vai dar. E neste mês de fevereiro em razão do carnaval, citaremos livros que nos fizeram felizes. 

Foi bem difícil não escolher todos os livros e selecionar apenas alguns. Mas estes que selecionei, realmente me fizeram feliz e não vejo a hora de reler novamente, até me cansar de ler <3. Mas enfim, vamos parar de papo e ver quais eu selecionei!


Awwwwwwwwn, gente! Vocês não sabem como eu amo e como eu já indiquei e falei desse livro. A Simone além de ter uma escrita maravilhosa, ela é uma pessoa incrível. E realmente, quem lê, não vai se arrepender de ter lido esta obra. Ela me cativou, me fez chorar e principalmente: me fez sorrir inúmeras vezes! 


Outro livro incrível que me fez muito feliz foi Surpreendente. Gente, não sabem como eu amo esta obra. Chorei horrores com ele, os personagens me cativaram e toda a história. Impossível não lembrar de tudo e não sorrir. Super recomendo que todos leiam. O Maurício tem uma escrita maravilhosa, sensível e gostosa de ler.


Claros sinais de loucura foi uma obra que li faz bastante tempo. Tanto tempo que confesso que não m lembro mais. Mas, uma coisa eu não me esqueço, da protagonista. Ela foi uma das primeiras amigas literárias que eu tive. Esta obra foi um pouco sofrida, dolorosa e principalmente de grande felicidade conhecer personagens incríveis e uma história tão bela!


Trono de Vidro foi um livro que me trouxe porque vocês não imaginam o quão eu sofri pra encontrar alguém que tivesse vendendo ele. Procurava em todo canto, mas nunca encontrava. Então, até o momento, este foi a minha felicidade com ele. Fora da escrita da Sarah, que é simplesmente incrível, os personagens bem construídos e não vejo a hora de ler o terceiro volume, mesmo confessando que estou receosa em ler por causa das tragédias que podem acontecer na obra :/


Que livro mais lindo, gente! Sério, vocês não sabem a ideia de como eu sorrir ao ler a história desses três personagens do livro Auggie e Eu. Principalmente o do Julian e Plutão. São personagens que cativam, até mesmo o Julian, que antes, era bem mau com o Auggie. Mas enfim, todos se tornam cativantes e nos traz uma grande lição de vida!


Outra obra que me fez muitoooo feliz foi o segundo volume de Guerra dos Fae. Me emocionei completamente quando recebi da minha amiga secreta este lindo e maravilhoso livro. Era uma obra que queria muito ler, pela história incrível que tem e foi uma alegria quando recebi ele <3



E por último e um dos mais especiais, a trilogia Sevenwaters. Que história, gente. Sério, os personagens são incríveis, a escrita da autora, a parte da magia, do romance e principalmente da ação que a autora descreve simplesmente nos enche os olhos. Realmente, não tem como não ficar feliz lendo essa série que se torna uma das melhores que eu já li e que recomendo a todos.

Participantes: 

E enfim, meus amores. Espero que tenham gostado da postagem e por favor, comentem se gostaram das fotos e do conteúdo. Realmente saber a opinião de vocês torna o meu dia cada vez melhor. Beijos e até a próxima!

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

Resenha // Flautinha de Condão - Marcio Mac Cord

fevereiro 08, 2016

Flautinha de Condão | Marcio Mac Cord | Editora Bambolê | 16 páginas | 5.0 estrelas
Um menino, com sua flauta amada, aprecia um coreto de flautistas, desejando um dia aprender a tocar. Eis que seu sonho pode se realizar pelas mãos de uma fada, que lhe mostra como conseguir dar os primeiros passos na música. 
Estreando a Coleção Bambolendo, "Flautinha de Condão" traz uma história narrada em versos por uma doce flautinha, oferecendo aos pequenos leitores a oportunidade de aprender como extrair as primeiras notas desse popular instrumento, assim como aconteceu com o menino Tadeu. 
Fantasia | Relação com música | Para comprar, clique aqui
Obra cedida em parceria com a Editora Bambolê (Agradecemos imensamente pelo carinho com o blog!)


“Flautinha de Condão” é um dos novos lançamentos da Editora Bambolê e o primeiro com tema musical. O autor é o Marcio Mac Cord e nessa história encantadora conheceremos a história do menino Tadeu e seu amor pela flautinha e pelo som musical!

Numa certa tarde, Tadeu com a sua flautinha tocando singelamente e sozinho, avistou um coreto com flautistas fazendo um grande e incrível som. Mesmo com toda admiração e brilho no olhar, o menino não teve coragem de se aproximar. E de repente, apareceu uma fadinha, perguntando-lhe porque ele não tocava junto com eles. Mas, mesmo que Tadeu tocasse e soubesse, ele não se achava pronto e queria aprender ainda mais a tocar. 

Mas, na manhã seguinte, ao acordar, Tadeu se surpreende com o que acontece. Ao pegar a flauta ele toma um susto ao ver a flauta falando. Como isso pode acontecer? Ao se interrogar, ele acaba se lembrando do dia anterior onde encontrou com a fada. E com o passar do tempo, ele vai escutando tudo o que a flautinha falava e tentando tocar cada nota. 

Será que finalmente Tadeu irá ter coragem e mostrar seu talento para as outras pessoas e realmente aprender a tocar? É lendo que saberás (risos).

Bom, quando finalizei a leitura desse livro achei muito amor à iniciativa da editora e do autor de criar e publicar uma obra tão linda como "Flautinha de Condão". Sempre é essencial influenciar as crianças a se entregarem a música e se uma criança realmente tiver a vontade de aprender um instrumento, indiferente de ser piano, flauta, violão ao qualquer outro, é importante dar todo o suporte necessário para que ela aprenda e tenha a alegria de mostrar para as outras crianças e adultos. E principalmente, que para aprender é necessário errar, errar e errar novamente. E com a prática, é que a criança finalmente irá aprender e ter a afirmação de que realmente sabe e tem garantia disso. 

A leitura é leve, o autor tem uma escrita super deliciosa de ler e que nos diverte e até mesmo nos traz várias reflexões de acreditarmos que podemos aprender algo e mostrar isso para outras pessoas, não se achar incapaz ou inferior ao outro. 

Além do lindo trabalho do autor de fazer uma obra que nos ensina vários aprendizados, tanto para criança quanto para adulto, a editora criou uma diagramação maravilhosa, colorida e divertida. Não preciso nem dizer que recomendo não é? Super, super e super recomendo! 

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Resenha // A Rainha Vermelha - Victoria Aveyard

fevereiro 04, 2016

A Rainha Vermelha | Victoria Aveyard | Editora Seguinte | 424 páginas | 4,0 estrelas
O mundo de Mare Barrow é dividido pelo sangue: vermelho ou prateado. Mare e sua família são vermelhos: plebeus, humildes, destinados a servir uma elite prateada cujos poderes sobrenaturais os tornam quase deuses. Mare rouba o que pode para ajudar sua família a sobreviver e não tem esperanças de escapar do vilarejo miserável onde mora. Entretanto, numa reviravolta do destino, ela consegue um emprego no palácio real, onde, em frente ao rei e a toda a nobreza, descobre que tem um poder misterioso… Mas como isso seria possível, se seu sangue é vermelho? Em meio às intrigas dos nobres prateados, as ações da garota vão desencadear uma dança violenta e fatal, que colocará príncipe contra príncipe - e Mare contra seu próprio coração.
Fantasia / Jovem adulto / Romance


A Rainha Vermelha é narrada em primeira pessoa por Mare Barrow. Uma garota de 17 anos, de vida simples e sem nenhum luxo. No lugar onde ela vive, a população é dividida pela cor do sangue: Vermelho ou prateado. Os vermelhos são pessoas pobres, sem condições de luxo e considerados plebeus. Já os prateados são pessoas consideradas nobres, cheias de luxos e como pudessem ter poder sobre os vermelhos, que são trabalhadores e explorados.

Pela razão da Mare e sua família terem uma vida tão difícil, ela por ser uma pessoa rápida, acaba roubando das pessoas para ter algo para comer e dar para a sua família. Mas, um dia, ela acaba sendo descoberta roubando no palácio real. A sorte é que a pessoa que pega ela roubando, acaba sendo bondoso e se compadecendo dela e arranja um trabalho para Mare no Palacete do Sol como criada. O problema é que no mesmo dia acontece a Prova Real onde os prateados mostram seus poderes para o príncipe herdeiro do trono, Cal. E num acidente, Mare acaba mostrando um pouco do seu poder, coisa que não era possível, já que apenas os prateados têm poderes e os vermelhos não.

Após todos verem o seu poder e ficarem assustados, eles decidem que Mare, para o bem do palácio e para não haver confusão, ela deverá ter uma nova identidade e esquecer toda a sua família, amigos e sua antiga vida. 

Essa convivência com as pessoas do palácio não será nada fácil para a Mare. Se adaptar com todo aquele luxo e principalmente com aquelas pessoas. Principalmente depois da rainha ter inventado um casamento entre Mare e Maven, irmão de Cal. E com todos os problemas que irão aparecer e as enganações, Mare começa a perceber que as pessoas traem as outras apenas pelo próprio prazer e benefício.

Em “A Rainha Vermelha”, Victoria soube desenvolver um drama e com um teor distópico bem interessante. A leitura é em algumas partes rápidas, outras lentas, mas, que não torna a leitura cansativa ou repetitiva. Confesso que no início da leitura, eu esperava algo mais diferente, algo que já não tinha visto, até porque, na parte da distopia, pode ser facilmente comparado com outras obras de distopias, o que se torna um pouco decepcionante. Mas, no meio pro final, a autora nos surpreende e não sabemos o que sentir. Não sabemos se ficamos revoltadas, tristes ou felizes. Só sabemos que a autora soube nos enganar direitinho com alguns personagens. 

O grande troféu nesta obra são os personagens que no início pensamos que é uma coisa e no final é totalmente diferente. Na verdade, Mare não me cativou e confesso que ela não fez para mim nenhuma diferença na obra. Uma personagem confusa, ao mesmo tempo em que era determinada em outras não era e enfim, era uma confusão e ao mesmo tempo um desanimo. Mas, Maven e Cal simplesmente me cativaram e destruíram o meu coração. Principalmente Maven. No início foi mil amores e no final cara, fui totalmente enganada. Então, realmente a autora soube criar uma ótima história e pensarmos que era uma coisa e no final foi outra. Mas, em questão aos personagens, achei bem fraco e espero que nos próximos volumes isso não aconteça e que os personagens amadureçam e tenham forte personalidade.

Mas em toda a obra é boa e interessante, mas, poderia ter sido melhor, mais cativante e eletrizante. Mas mesmo com as ressalvas que teve, autora soube criar uma história bacana. Só digo que estou ansiosa para o próximo volume e que no próximo, espero que a autora me cative mais com a sua escrita e com os personagens.

Já a Editora Seguinte arrasou na diagramação e com a capa metálica. As letras são confortáveis para ler, a diagramação é simples, mas é cativante. Não encontrei nenhum erro na revisão. E claro, que a editora lance logo o próximo volume para vermos como a autora irá desenvolver e desenrolar essa história na qual o final foi a maior confusão. 

De forma geral, recomendo a obra para quem gosta de distopia, fantasia e um romance quase inexistente. 


segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Primeira parte da caixinha do correio

fevereiro 01, 2016

Olá, amores. Como estão? Espero que bem. Bom, trago a primeira parte da caixinha do correio. Faz muito tempo que não mostrava mais o que recebia de livros e mimos, desde Novembro (eu acho). Por isso, ao ver o acumulo de livros que tenho que mostrar a vocês, resolvi dividi por três partes. Então, vamos logo conferir a primeira parte da caixinha!



Recebi de parceria com a Editora Intrínseca, o livro Magnus Chase e os Deuses de Asgard – A espada do verão. O livro é maravilhoso e a capa é simplesmente incrível. A editora está super de parabéns. O livro já foi resenhado aqui no blog e super recomendo.

Também recebi de parceria com a Editora Intrínseca o livro lindo e fofo Auggie e Eu. Este livro não é uma continuação de Extraordinário, mas, tem a participação de três personagens que aparecem em Extraordinário. O livro é super fofo e confesso que vária vez me emocionou e me deu sorrisos bobos pela delicadeza do livro. Traz-nos uma grande reflexão para pensarmos.

E também recebi da Editora Intrínseca o livro Crepúsculo – Vida e Morte. O livro não foi para mim e sim para a resenhista, Nádya. A edição está bem bonita e já foi resenhada aqui no blog.

Recebi da parceria com a Editora Companhia Nacional O livro A mentira. Como devem ter percebido na foto principal eu já tinha iniciado a leitura faz bastante tempo, mas até agora, não consegui me cativar com a leitura. Espero que isso mude. Mas em todo, amei a capa e a diagramação simples. Outra obra que recebi em parceria com a Editora Companhia Nacional foi finalmente o terceiro volume da trilogia Top School – Código Secreto. Já li e curti bastante a leitura. O final foi bem especial e deixou um gosto maravilhoso. O autor realmente soube finalizar a trilogia e estou louca para ler outras obras do autor. Em breve terá resenha aqui no blog.

Recebi de parceria também a obra Flautinha de Condão. A edição está super linda e o conteúdo é super fofo. Em breve trarei uma resenha bem especial para ela.

E uma das obras mais especiais dessa caixinha foi Trono de Vidro, o primeiro volume! Como sofri procurando e caçando este livro em grupos de vendas ou trocas. Mas, finalmente encontrei e agora tenho essa preciosidade. Na verdade, já tinha lido em pdf, mas, nada melhor do que ter o livro físico e poder abraçá-lo.

Outro livro que também estava querendo muito e que já havia lido em e-book foi: Ele está de volta. Tudo relacionado à Hitler, Segunda Guerra Mundial ou Holocausto, super me interessam. E como amo esta obra, tinha que ter na minha estante. Super recomendo a leitura para quem gosta do gênero. Diferente de outras obras mais focadas em guerras, esta é mais irônica e com uma pegada mais sarcástica.

Comprei também o primeiro e o segundo volume de A menina que não sabia ler. Sempre quis ler estes livros (nem sei por que eu queria ler hahaha). Na verdade não sei nem sobre o que se trata, mas sei lá, nem sei explicar kkkk. Mas enfim, estou curiosa para ler e quando eu tiver tempo, quem sabe eu dou uma oportunidade. Mas, em todo caso, amei essas capas super lindas.

E por fim, recebi da Itaú esses dois livros que eles estavam distribuindo ou doando ou sei lá o que no site deles. Achei bem fofo e pedi pra mim porque sou a bebezinha de deus hahaha. Brincadeiras a parte, pedi pois irei ler e depois doar para uma criança vizinha aqui. Mas enfim, achei muito fofo as obras.

Então estes foram os lindos livros que recebi, amores. Em breve sairá a próxima parte, acho que na próxima ou nessa ainda já sai, não sei hahaha. Mas enfim, espero que tenham gostado e ficaria feliz de ver os comentários de vocês sobre quais já leram ou se estão curiosos para ler algum.
Beijos e até a próxima!

Arquivo do Blog

Visualizações