segunda-feira, 18 de julho de 2016

O terror psicológico da história | Loney, de Andrew Michael Hurley


Olá moçada! Trago para vocês o início de uma semana pra lá de assustadora! Vocês já devem ter adivinhado... Sim, estou falando de Loney, do autor Andrew Michael Hurley, lançado pela Editora Intrínseca.

Confesso que li segurando minha água benta, uma ajudinha extra, sabe? Mas jogando minha inquietação de lado, vamos checar se consegui sair ilesa desse mar tempestuoso que foi Loney?



SINOPSE: Quando os restos mortais de uma criança são descobertos durante uma tempestade de inverno numa extensão da sombria costa da Inglaterra conhecida como Loney, Smith é obrigado a confrontar acontecimentos terríveis e misteriosos ocorridos quarenta anos antes, quando ainda era criança e visitou o lugar.
À época, a mãe de Smith arrastou a família para aquela região numa peregrinação de Páscoa com o padre Bernard, cujo antecessor, Wilfred, morrera havia pouco tempo. Cabia ao jovem sacerdote liderar a comunidade até um antigo santuário, onde a obstinada sra. Smith crê que irá encontrar a cura para o filho mais velho, um garoto mudo e com problemas de aprendizagem.
O grupo se instala na Moorings, uma casa fria e antiga, repleta de segredos. O clima é hostil, os moradores do lugar, ameaçadores, e uma aura de mistério cerca os desconhecidos ocupantes de Coldbarrow, uma faixa de terra pouco acessível, diariamente alagada na alta da maré. A vida dos irmãos acaba se entrelaçando à dos excêntricos vizinhos com intensidade e complexidade tão imperativas quanto a fé que os levou ao Loney, e o que acontece a partir daí se torna um fardo que Smith carrega pelo resto da vida, a verdade que ele vai sustentar a qualquer preço.
Com personagens ricos e idiossincráticos, um cenário sombrio e a sensação de ameaça constante, Loney é uma leitura perturbadora e impossível de largar, que conquistou crítica e público. Uma história de suspense e horror gótico, ricamente inspirada na criação católica do autor, no folclore e na agressiva paisagem do noroeste inglês.

O terror psicológico da história é altamente arrastado, e não envolve visões, assombrações ou algo dessa espécie, mas invade com profundidade gélida a mente do leitor mais desavisado, trazendo uma sensação de desconforto e receio.

As sutis insinuações ao sobrenatural, com toques estranhos de fervor religioso de um grupo de católicos, misturados com a superstição pagã dos nativos, transfere impulso, fornecendo uma impressão constante de perigo iminente.

O leitor é levado a crer que algo de muito ruim está para acontecer de maneira mais sombria e irremediável possível e gerir as emoções é uma tarefa cansativa.

É moçada, só a luz acessa não vai ajudar na leitura não viu? É preciso coragem, respirar fundo, nadar nas águas turbulentas e sair ileso disso tudo!

Amanhã tem mais... Com ou sem medo, vamos seguir em frente! Não permita que Loney seja a sua ruína!

“Suas paredes jamais haviam contido uma família. Ninguém nunca havia dado risada lá. A casa era dominada por uma espécie de asfixia, um silencio pesado, que imediatamente lhe dava um ar desconfortável. Nunca mais senti isso em nenhum outro lugar, mas sem dúvida lá havia algo que detectei com uma percepção diferente. Não um fantasma ou algo ridículo do tipo, mas, ainda assim, alguma coisa”.

33 comentários:

  1. Oie
    Sexta passada terminei de ler esse livro e achei fantástico.
    Adoro esse estilo e me surpreendeu.
    Seu post é só para deixar quem não leu ainda mais interessado. Ótimo hehe
    Bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada Rosana. Grande abraço!

      Excluir
  2. Essa capa me remete muito ao livro Reconstruindo Amelia, por essa razao sempre que vi algo sobre esse livro deixei passar, mas saber que ele eh um terror psicologico me animou pra caramba!! ADORO livros assim, adoro adoro adoro... ja vou correndo compra-lo.

    Raissa Nantes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depois me conta o que achou. Grande beijo!

      Excluir
  3. A capa desse livro é maravilhosa, e acho a premissa ótima também, mas mesmo com sua resenha dizendo que vale a pena lê-lo eu ouvi milhões de outras dizendo que o livro é horrivel, então não sei se ainda quero conferir a história, estou um pouco confusa sobre o livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredito que vai muito do gosto. Mas não se deixe levar e leia. Quem sabe você não tenha um pensamento diferente. Grande abraço.

      Excluir
  4. Oie!
    Eu ainda não li o livro e estou bem intrigada com essa trama, e já vi que vou ter que ler de dia para não ficar com medinho rsrs Espero gostar dessa história, pois é bem diferente dos últimos livros que li.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carla o medindo sempre rola...kkkk. Mas é legal, vai valer a pena. Grande abraço.

      Excluir
  5. Oiii Nádya, como vai?
    Garota eu fiquei bem afim de ler essa obra com toda certeza, gostei de todo o suspense e creio que ficaria bem abalada com toda que aconteceu na história. Adorei as fotos e a edição está linda.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Morgana. Espero que curta a leitura. Grande abraço.

      Excluir
  6. Olá, eu já tinha visto algumas resenhas desse livro e não achei um terror tão grande assim, mas agora que vi esse teu post eu fiquei com um pé atrás, ou melhor, os dois kkkk Mas um dia eu crio coragem e embarco nessa leitura.

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem?

    Amo livros bem construídos, o terror estilo Stephen King, com o medo interno. Se bem que não considero muito que King seja terror, aliás pensando direito, não concordo com metade das classificações de livros e filmes. Enfim, sua resenha me empolgou demais, se um dia eu tiver tempo, com certeza vou dar uma chance para esse livro!

    bjsss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depois me conta se gostar! Grande abraço.

      Excluir
  8. Oi,
    Com sua resenha fiquei extremamente curiosa para ler esse livro.
    Ainda não tive muita experiência com o gênero, mas já de inicio acho que vou gostar.
    Parece ser surpreendente, o único problema é que só leio a noite, será que conseguirei dormir?! rsrs

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kkkkk... Nada que um remedinho não resolva! Beijos.

      Excluir
  9. Oie
    caramba, o título da resenha já me chamou atenção demais e eu adorei essa capa, está linda, a história parece ser muito boa, vou anotar pra poder ler quando tiver mais tempo

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anote a dica é se entegue a Loney. Grande abraço.

      Excluir
  10. Olá, tudo bem ?
    Tenho um problema sério com livros de terror ou de suspense, fico depois sem conseguir dormir rsrss. Por este motivo, eu não sei se me interessaria em ler.
    De qualquer forma, eu amei a capa.
    Beijos
    www.estilogisele.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se arrisque. Talvez você até curtisse. Grande abraço.

      Excluir
  11. Oi,
    Nossa esse é o tipo de livro que infelizmente não tenho coragem de ler!! Mt obrigada pela dica, mas vou deixar passar!! hahahah
    Bjs!
    Fadas Literárias

    ResponderExcluir
  12. Eu gostei da ideia de um terror psicológico, me atrai bem mais que o terror sobrenatural, esse não tenho coragem de encarar mesmo! Gostei do livro e do que você falou sobe ele, vou anotar a dica! Abraços

    ResponderExcluir
  13. Hello! Tudo bem?
    Comprei Loney numa promoção e qdo chegou fiquei impressionada com o trabalho da editora.
    Ainda nao li e ja to com medinho desses terror psicologico, mas vou ser forte e tentar ler tudo.
    Amei a capa dura e quero mais livros assim.
    Beijos

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Edição realmente belíssima! Grande beijo!

      Excluir
  14. Olá Nádya!!!
    Tenho que dizer que sou muito medrosa e acho que esse livro me daria um tanto de medo.
    Porém, essq capa tá linda *-*

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Nossa

    Que medo

    Não sei se fiquei com mais medo do livro ou das tuas palavras. ..

    Caramba, gostei....quero ler. Você me deixou super curiosa!

    Amei sua escrita!

    Bjs

    ResponderExcluir
  16. Nossa

    Que medo

    Não sei se fiquei com mais medo do livro ou das tuas palavras. ..

    Caramba, gostei....quero ler. Você me deixou super curiosa!

    Amei sua escrita!

    Bjs

    ResponderExcluir
  17. Eu adoro terror psicológico, tanto de livros quanto de filmes. Acho que esse livro, pelo que eu entendi, passa aquele sentimento de medo, mas não sabemos exatamente do que... <3 fiquei apaixonada pela capa, pela sinopse, pela sua resenha, tudo! Pra mim, esse livro só ~existia~ no exterior hehe bom saber que já está aqui :D
    Beijos.

    ResponderExcluir
  18. meu namorado ama qualquer livro de terror, dei para ele o Mr Mercedes do Stephen King ele esta amando,eu porem ja nao gosto de terror,mas com certeza mostrarei seu blog a ele.

    ResponderExcluir
  19. Meu coração está destruido por ainda não ter tido a chance de ler esse livro. Esta há um mês na minha estante e eu ainda não consegui começar.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir

Arquivo do Blog

Visualizações