sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Desabafando

Esta é uma postagem sem noção, sem nexo e sem sentido nenhum. É uma postagem que não estarei falando sobre livros, filmes, séries ou qualquer coisa parecida. Na verdade, é uma postagem inútil e fútil, que não vai mudar a vida de ninguém e que não vai proporcionar nada a ninguém. Mas enfim, estou precisando falar o que estou sentindo nesse lugar que eu criei aqui com tanto carinho e amor. 

Como devem ter percebido, não estou fazendo mais postagens por aqui. O motivo? desanimação total. Mas o real motivo dessa desanimação? Não sei responder. Mas não sinto vontade de falar sobre livros e sobre nada. E Iris, pra quê esta postagem? Também não sei. Só sei que precisava fazer ela para ver se eu melhoro um pouco. 

Na verdade é uma postagem para dizer até logo mais. Não é uma despedida. E sim, até logo, até em breve. Porque acredito que tem um momento em nossa vida que a gente precisa de um tempo para assimilar as coisas. Até porque, não adianta vim aqui, fazer uma postagem desanimada porque eu tenho a obrigação de falar sobre um livro que recebi. A graça de ter um blog literário, é você falar sobre algo que sente prazer, que fala porque quer falar e não como se fosse algo obrigatório. Vou resenhar porque tenho um prazo para isso. Vou ter parcerias porque quero ganhar livros. Quer ter um blog? Tenha! Mas tenha por querer de vontade, até porque você está entre outras pessoas que leem ele. 

Não adianta e não vale a pena entrar no blog, abrir a parte de fazer postagem e começar a escrever sem nenhum prazer, sem nenhuma vontade. Não é ser falso apenas com os leitores mas consigo mesmo. Por isso, que estou fazendo esta postagem. Para dizer que não quero ser falsa com vocês e pensar que tá tudo bem, sou uma blogueira feliz e saltitante e que nunca pensei em desistir do blog. Porque eu estaria mentindo se dissesse que nunca pensei em desistir do blog, parar de falar sobre livros. Porque cara, as vezes bate uma negativamente e que me faz perguntar: Alguém realmente gosta do que eu escrevo? Alguém realmente ler uma postagem minha e reflete e faz algo sobre o que eu escrevi?

Mas enfim. Esta postagem não é eu dizendo que irei excluir o blog ou desistir dele. Mas sim, que irei deixar ele um pouquinho de lado e que em breve voltarei para ele. Mas não com apenas 10% ou 50%, mas sim 100%. Com uma vontade incrível de falar sobre as minhas leituras, sobre os livros que odiei e enfim. Com uma vontade verdadeira e sem fingimento. Porque não há nada pior do que escrever uma resenha ou uma postagem por obrigação ou porque não tem vontade. Sei que tenho autores parceiros, editoras incríveis, mas assim como não quero ser falsa com os meus leitores, também não quero ser falso com eles. Até porque, não quero escrever a resenha de um livro que recebi de parceria sem vontade, com desanimação. Porque não vale a pena fazer isso. Não daria valorizando o que eu sou e o modo de blogueira que eu quero ser. 

É isso, peço desculpas a todos. Quando eu me animar de verdade pra postar, novamente eu volto a ser o que era antes por inteira e não em partes.

7 comentários:

  1. OWW POXA! As vezes acontece comigo tambem aí eu fico meses sem postar ou sem nenhuma ideia do que escrever,mas nao dura muito tempo e eu sempre volto.
    FElicidades!!! http://aspoesiasdananda.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, Nanda. É triste quando isso acontece. Mas, foi necessário sumir um pouco para renovar as forças haha.

      Excluir
  2. Ai Irisvanda, no final do ano passado me bateu uma bad também, parei de ler, de fazer resenhas, de comentar nos parceiros. Me senti bem mal, mas não tava sentindo vontade sabe?
    Concordo com você, é melhor não ficar produzindo conteúdo sem vontade, não faz bem pra ninguém.
    Se precisar de alguma coisa, estou aqui pra ajudar.
    Beijos e força!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, me bateu uma bad também, flor. É muito chato quando isso acontece. Também não sentia vontade de fazer nada relacionado ao blog. E realmente, produzir um post apenas por produzir não vale a pena.
      E muito obrigada pelo carinho <3

      Excluir
  3. Iris, eu nunca vou esquecer da força enorme que você me deu quando eu deixei o meu blog de lado. Você sempre apoiou a minha decisão, sempre me falou para eu voltar quando estivesse preparada, sempre me disse que eu podia fazer as mudanças que eu quisesse, desde que elas me animassem. Até me convidou para participar do Inspirada por Palavras (que nessa altura ainda era o Chuva e Livros). Eu nunca vou conseguir agradecer todo o carinho que você sempre teve comigo e com o meu blog. Você é uma menina super querida, que quer sempre fazer tudo aquilo que pode para ajudar todo o mundo e eu te apoio a 500% nesta sua decisão. Descanse, tire um tempo para você e volte com força! Estamos te esperando, Irislinda <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awn, Míriam. Seu comentário super me emocionou. Fico muito feliz por ter uma leitora tão incrível como ti, uma portuguesa ainda cara! hahaha. Mas enfim, sempre te apoiei e sempre te apoiarei. Foi um prazer conhecer você e fico muito feliz por ter entendido esse meu momento, realmente estava precisando descansar e viver a minha vida mesmo. Você também é uma pessoa muito querida, e precisando, pode contar comigo para tudo.
      Beijos e muito obrigada <3

      Excluir
  4. participando, parabéns p/ blog.

    ResponderExcluir

Arquivo do Blog

Visualizações