segunda-feira, 12 de outubro de 2015

Resenha - Minha professora é um monstro! (Não sou, não.)

Olá, meus amores. Como estão? Hoje, dia das crianças, trago para vocês a resenha de uma obra muito e muito especia, "Minha professora é um monstro" do autor Peter Brown. Um livro pequeno e infantil mas que traz uma linda lição e reflexão para todos: Não julgue aquilo que não conhece!

Minha professora é um monstro (Não sou, não.)
Peter Brown
40 páginas
Publicada pela Editora Intrínseca
Obra cedida para resenha em parceria com a Editora Intrínseca

Monstros nem sempre são o que parecem
Beto tem a pior professora do mundo. Ela ruge, bate o pé, e se você fizer aviõezinhos de papel, ela vai deixá-lo sem recreio. Essa professora é um monstro! Por sorte, Beto sempre tem os fins de semana para brincar no parque. Até que um dia... ele encontra a professora lá!
Ao passar algumas horas junto com ela, Beto vai aprender que as pessoas nem sempre são o que parecem.
Com senso de humor leve e fascinantes ilustrações, Peter Brown explora com sensibilidade um tema universal ao criar um livro que encanta crianças e adultos.
Na obra, somos apresentados ao Beto, um aluno inquieto, que ama aviãozinho de papel e principalmente: não gostava nem um pouco da sua professora, Sra. Kirby. Ela é uma professora severa, rude, que não admite bagunças e nem brincadeiras na sua aula. Uma professora que não agradava ninguém e que acabou sendo considerada como um monstro. Um monstro rude, que berrava, assustava as crianças e que não era nada agradável aos olhos de seus alunos, principalmente aos olhos de Beto que ficava sem recreio por jogar aviãozinho de papel na hora da aula.

Entretanto, em um sábado, Beto ao ir visitar ao seu lugar preferido, o parque, ele se encontra com uma pessoa em que nunca imaginaria encontrar: A professora Kirby! Ao se encontrarem, eles são obrigados a iniciar uma conversa nada confortável. Mas, por conta do "destino", algo acontece e Beto começa a mudar sua percepção sobre a sua professora que, no início, parecia um monstro e acaba se transformando em uma pessoa gentil.

A obra "Minha professora é um monstro", nos mostra que nem tudo que pensamos que é, realmente é. Pensamos que uma pessoa é de certa forma mas quando conhecemos realmente aquela pessoa, percebemos que fizemos julgamentos e que tínhamos uma má impressão de tal. Assim, ocorre numa sala de aula entre a relação de um aluno com o professor.

Quando começamos a iniciar a leitura, somos apresentados a frase: Alunos incompreendidos, professores incompreendidos. Nos mostrando que numa sala de aula, há também pré-julgamentos. Quando há um aluno bagunceiro, inquieto, que não leva as coisas a sério, já temos uma visão sobre tal aluno. Já pensamos em várias coisas, mas nunca nas qualidades do aluno que parece tal irresponsável. Assim também acontece com os professores. Os educadores cada vez mais sofre opressão dos alunos. Da mesma forma que os alunos são incompreendidos, os professores também são. Essa incompreensão da parte de ambos, gera um relacionamento ruim e julgamentos lamentáveis. Além, de magoarmos os sentimentos das pessoas ou de algo.

De uma forma simples, lúcida e divertida, o autor nos apresenta um tema que todas as crianças, adolescentes e adultos deveriam discutir e debater. Algo que todos deveriam pensar antes de julgar ou pensar mal de algo ou de alguém. Que todos nós somos diferentes, mas, que somos humanos e temos um coração que se alegra, mas também se entristece.

Como sempre, a Editora Intrínseca arrasou na edição. A obra é um pouco maior em relação ao tamanho e é capa dura. A leitura é leve, divertida, cativante e bem rápida de se ler. Até mesmo para os pequenos, se torna uma leitura simples e tranquila, mas marcante e de grande reflexão.

Recomendo a leitura para todos, independente da idade. Até porque, sempre é bom refletirmos sobre as nossas ações, atitudes e principalmente, pensar e conhecer antes de julgar qualquer pessoa.

27 comentários:

  1. Olá!

    Que graça de livro! A premissa é ótima e a forma de contar é bem divertida. Se tiver na biblioteca do meu bairro, darei uma atenção a ele.

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Amo livros infantis, não que eu seja uma compradora levando em conta que não tenho criança em casa, mas tenho alguns livros que andei comprando e também tenho os livros da coleção que o Banco Itaú disponibiliza todo ano sabe, leio e guardo para os futuros filhos que terei. (rs)
    Amei a resenha, acredito também que nem tudo é o que parece.
    Beijo
    http://www.livricios.com/

    ResponderExcluir
  3. Oie.

    Lindo demais a diagramação da obra! Fiquei aqui bem curiosa para conhecer mais de perto a trama, pois me parece uma lição maravilhosa

    Beijos
    Amor Literário

    ResponderExcluir
  4. Gostei da indicação amiga, gosto de livros infantis que passam para os pequenos algo de bom, ensinamentos bons. E esse livro em especial passa uma mensagem super importante, principalmente no mundo de hoje em que alunos não respeitam professores. Ótima resenha.

    bjs

    ResponderExcluir
  5. Adorei a premissa do livro e amei a parte gráfica da ogra, fofa demais! O tema abordado realmente é para todas as idades. Amei!
    Bjim!

    Tammy
    Livreando | Facebook

    ResponderExcluir
  6. Olá

    Concordo com realmente é um livro pra todo mundo, até porque não são só as crianças que julgam sem conhecer, esse é um comportamento constante na nossa sociedade, todo mundo acaba fazendo isso,até mesmo sem perceber, vou tentar ler livro depois.

    Bjss

    ResponderExcluir
  7. Oie! Tudo bem?

    Nossa, 40 páginas? Dá para ler num "sopro", rsrs. Acho até que vou comprar esse livro. Pelo visto, a intrínseca arrasou mesmo na edição, hein?! :D E realmente sempre é bom ler algo que nos acrescenta reflexões nessa vida.

    Beijos,

    Juliana Garcez | Livros e Flores

    ResponderExcluir
  8. Desde a primeira vez que vi esse livro achei uma graça!
    Tenho muita vontade de lê-lo
    beijos
    http://myself-here1.blogspot.com.br/?m=1

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Adorei a sua resenha.
    Todos nós já tivemos um professor que não gostamos e que achamos um monstro, não é? Acho que esse é um bom livro para ler para uma criança, pois parece trazer grandes ensinamentos, como você disse.
    E essa edição está linda.
    Beijos
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Olá, Irisvanda.
    Eu achei o livro muito fofo. O titulo é super legal e chama a atenção logo de cara. A capa também está linda. Infelizmente até esquecemos que os professores também são humanos com problemas também e olhamos e vemos aquele monstro insensível hehe. Mas o que seriamos de nós sem eles? hehe Adorei sua resenha.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  11. Bem interessante a proposta do livro, e melhor ainda que seja para a criança, deveria ir para todas as escolas, e realmente é uma história para todos.

    www.poyozodance.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oi, tudo bem?!
    Esse livro é muito fofo nas ilustrações, não é? Eu fico encantada. Gostei da premissa dele desde o começo e daria de presente pra muita gente (criança) que conheço. Fiquei apaixonada!
    Beijos

    LuMartinho | Face

    ResponderExcluir
  13. Adoro livros que nos fazem refletir. E esse traz mesmo uma mensagem bacana. Gostei da edição e não sabia que esse livro era da intrinseca. Ah!! Parabéns pelo blog ele é lindo :) Já estou seguindo e curtindo.
    Bjss

    http://livrosemarshmallows.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Que pequeno, mas parece ser divertido. Vou comprar pro meu priminho.

    ResponderExcluir
  15. Oie!!
    Nossa, que livro lindinho.
    Adorei a ideia, e é realmente um assunto a ser pensado.
    Adorei mesmo.
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  16. Essa é a primeira resenha desse livro que eu leio.
    Quando vi o livro pela primeira vez não dei muita importancia, pensei que seria um livro bobo, mas CARAMBA !!!!
    Sua resenha me deixou de queixo caido, eu realmente preciso ler esse livro, que é muito fofo e reflexivo.
    A editora realmente mandou bem, pois a diagramação está linda.
    Amei amei amei

    ResponderExcluir
  17. Oi amada!

    Parece ser uma leitura divertida já pelo título, eu sempre recomendo também leitura de livros infantis, pra mim leituras não tem idade, amei a resenha, achei a obra linda! Parabéns!

    Beijos
    Paulinha Juliana
    Overdose Literária - http://overdoselite.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Olá.
    Tudo bom?
    Não conhecia o livro, mas adorei a mensagem dele. Acho importante o aprendizado que os livros infantis trazem para as nossas crianças.
    Vou procurar pra minha filha.
    Beijo

    ResponderExcluir
  19. Oiii!

    Eu AMO esse tipo de livro, porque além da leveza, traz uma pureza no enredo e sempre nos faz refletir muito sobre pequenas atitudes que temos.
    Sou apaixonada pelo universo infantil e acho genial quando o autor traz algo do genero para as crianças.
    Acho que esse livro é extremamente importante para os pequenos e principalmente para os pais.


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  20. Já tinha visto o livro e não havia curtido, continuo não gostando da ideia, sei bem como é a realidade de uma sala de aula, há 10 anos, não gosto quando livros passam ideias sensacionalistas.

    ResponderExcluir
  21. Olá...Bom dia, não conhecia o blogue mas gostei bastante.
    Em relação à resenha eu não curti a obra e sua premissa mas, que bom que vc gostou.
    Futuramente, quem sabe, posso mudar de impressão ao dar uma chance a leitura!!!
    Bjos :D

    ResponderExcluir
  22. Eu costumo gostar bastante de livros infanto-juvenis, mas atualmente estou tão apertada que tenho precisado selecionar muito o que vou ler, então esse não caberia no momento. Mas é realmente uma gracinha. Espero que no final realmente passe ensinamentos legais, como você disse, e o aluno perceba o quanto está errado, porque a professora dar castigo por jogar avião de papel na sala está mais que certo e não faz ela um monstro. :)

    Infinitos Livros

    ResponderExcluir
  23. Oi Iris,
    Adorei esse livro, ainda hoje gosto de livros infantis sempre aprendemos algo.
    Lembro que na época da escola eu também não gostava de alguns professores e hoje vejo que não tinha motivo p isso.

    Jéssica Rodrigues
    Coração Leitor

    ResponderExcluir
  24. Primeiro preciso comentar sobre a fofura que esse livro deve ser... Já comecei a rir apenas com a capa dele rsrs... Por sorte, sempre me dei bem com meus professores, claro, salvo uma ou outra situação. A incompreensão com meus colegas já começa quando um bagunceiro tira a nota maior da sala. Não é que isso sempre acontece?!

    http://umreinomuitodistante.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Oi Íris, sua linda, tudo
    Essa é uma grande verdade. Inclusive, os professores de hojenão estão muito preparados. Por exemplo, uma criança que vai mal nos estudos, não necessariamente é um aluno desinteressado, bagunceiro, pode estar com problemas em casa, pode ser problema de vista de déficit de atenção e por aí vai. Nunca podemos julgar ninguém. Esse ´um ótimo livro para as crianças.
    Beijinhos.
    Cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Olha eu achei a proposta do livro bastante divertida.
    Eu acho que como a estória já diz ambos são incompreendidos mesmo., porque os professores querem ajudar os alunos e tem aqueles que não querem ser ajudados. Isso complica muito as coisas. E quem se prejudica? O ALUNO é CLARO! Mas eu gostei realmente da sua resenha e também adorei a diagramação do livro. Muito fofo

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/10/resenha-nos.html

    ResponderExcluir
  27. Oii, tudo bem?
    Eu adorei a premissa da historia! O livro parece ser bem gostoso de se ler, e deve ser ótimo para as crianças.

    ResponderExcluir

Arquivo do Blog

Visualizações