quinta-feira, 7 de maio de 2015

[Resenha]: Quase Uma Rockstar - Matthew Quick

Quase Uma Rockstar
Título: Quase Uma Rockstar
Autor: Matthew Quick
Editora: Intrínseca
Número de Páginas: 256
Adicione: Skoob
5 estrelas
Quase Uma Rockstar - Desde que o namorado da mãe as expulsou de casa, Amber Appleton, a mãe e o cachorro moram em um ônibus escolar. Aos dezessete anos e no segundo ano do ensino médio, Amber se autoproclama princesa da esperança e é dona de um otimismo incansável, mas quando uma tragédia faz seu mundo desabar por completo, ela não consegue mais enxergar a vida com os mesmos olhos. Será que no meio de tanta tristeza e sofrimento Amber vai recuperar a fé na vida? Com personagens cativantes e uma protagonista apaixonante, Matthew Quick constrói de forma encantadora um universo de risadas, lealdade e esperança conquistada a duras penas.

Amber Appleton é uma garota de 17 anos, que mora com a mãe em um ônibus escolar desde que a mãe foi largada pelo namorado. Com um emprego que paga pouco, sua mãe mal consegue sustentar a família, principalmente por ser uma alcoólatra, dificultando a vida de ambas. Amber tem um cachorrinho chamado BBB - seu companheiro que tanto ama, vive das refeições da Donna e ainda arruma tempo para visitar os velhinhos no asilo e dar aulas na igreja.

Mesmo sabendo que a vida não é nada justa, Amber tem uma fé e uma positividade admirável. Mesmo vivendo num ônibus, tendo uma mãe nada companheira e ainda alcoólatra, continua tendo fé em JC (Jesus Cristo), que sua vida irá mudar, que não haverá mais injustiça no mundo, na escola onde estuda e que sua mãe irá mudar de vida e ser a mãe que ela tanto sonha abraçar nas noites ao invés de derramar lágrimas ao pensar sobre a vida (principalmente na sua).

Mas infelizmente, a vida prega peças na vida e Amber percebe que o que não podia piorar, sempre piora. Uma garota com fé, que inspira as pessoas terem esperança mas que seu mundo desmorona e suas verdades e crenças ficam soterradas, se afundando aos poucos. Como reviver a alegria, como renascer a fé que perdeu seu brilho? Como ter esperanças, quando aparece que tudo acabou?

Comecei a ler a obra sem nenhuma expectativa, ao contrário, já estava certa que seria uma leitura negativa por ter lido uma obra do autor (O Lado Bom da Vida) e por não ter gostado nem um pouco. Mas o que falar? tive que engoli o orgulho e, admitir que o autor criou uma obra simplesmente incrível. Uma obra contemporânea, divertida e uma personagem memorável. 

"Quase Uma Rockstar" é um obra que defino como uma tempestade. Começa com uma pequena neblina nos envolvendo lentamente, então começa a chuva e o sentimento que sentimos ao lermos a obra é o sentimento transportando de emoções confusas e intensas. Enfim, começa a tempestade e nos entregamos na obra completamente, o choque da personagem, a tristeza, a falta de esperança são como relâmpagos e trovões para quem está lendo. 

A Amber é uma personagem incrível, com uma fé e sentimentos inabaláveis. Mesmo tendo uma vida complicada, onde qualquer um não teria nenhum tipo de esperança, Amber é sorridente e sempre de bom humor. E o que falar dos personagens secundários? Todos me cativaram, arrancando-me risos, lágrimas e sorrisos bobos. Os velhinhos do asilo, os garotos nada sociáveis, a Donna e principalmente BBB. 

Uma obra que mostra que nunca podemos perder a fé, que devemos ver a parte positiva de viver mesmo com todas as dificuldades que podem existir. A escrita do Matthew foi o grande marco da obra. A sutiliza, a sensibilidade, os personagens muito bem construídos, nos fazendo torcer para que a obra e a vida de Amber e seus amigos tenham um final feliz. A primeira impressão pode não ter sido agradável, mas Matt me ensinou com a obra "Quase Uma Rockstar" que não devemos julgar as coisas apenas pela primeira impressão.

Não recomendo que leiam a obra, mas sim que sintam a essência, as emoções e a sutiliza que o autor passou através de palavras. Que reflitam sobre a vida, e como ela pode valer a pena se viver da forma certa. Sem pensamentos negativos, sem reclamar da vida e sim ajudando as pessoas e refletindo amor e sentimentos bons para as pessoas.

24 comentários:

  1. Eu ouvi falar desse livro pela primeira vez na Turnê Intrínseca e fiquei curiosa.
    Ele está na minha listinha de próximos livros para ler e espero gostar e vou seguir suas dicas.
    Gostei da resenha.
    Abraços Mika,
    Pensamentos Viajantes

    ResponderExcluir
  2. Confesso que a premissa não me agrada em nada, não é o tipo de livro que me interessa, mas gostei bastante da sua resenha, muito bem escrita!

    Adorei conhecer o blog e já estou seguindo! :D

    Se quiser conhecer o meu blog também é só dar uma passadinha no
    Estandy Books - A Estante da Andy

    ResponderExcluir
  3. Olá,
    faz tempo que quero ler Quase uma Rock Star, e mesmo que pela sua resenha o livro não me pareça "tudo isso", eu fiquei apenas mais curiosa ainda para lê-lo.
    Adorei sua descrição da Amber, e depois de ler isso tudo concordo que a obra deve ser sentida.
    Beijões!
    http://www.entreleitores.com/

    ResponderExcluir
  4. Oie, olha, eu AMEI o livro "O lado bom da vida" e espero gostar deste também. Quero muito lê-lo ainda este ano, se der. Matthew escreve muito bem e sabe emocionar.
    http://www.leituradascinco.com/

    ResponderExcluir
  5. Pelo título da obra "Quase Uma Rockstar" eu leria, mas pela premissa fiquei desanimada. Parece que tem muito sofrimento na vida de Amber. E drama de mais não me comove, me irrita. Mas ainda tenho um pouco de confiança, pois O lado bom da vida é uma obra que eu gostei. Tanto livro quando o filme.

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não há muito drama ou "sofrimento demais" que faça o leitor se irritar Nilda. Claro, a vida de Amber não é fácil, mas o autor não foca no drama da vida de Amber e sim ao contrário.

      Excluir
  6. Olá, gostei da resenha. Estou muito ansiosa para ler esse livro por ter gostado da capa, do título, da sinopse e por já ter lido outro livro do autor e gostado bastante da escrita dele.

    petalasdeliberdade.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Olha, desde que esse livro foi lançado que eu o quero, quero, quero e quero! Cara, esse livro me despertou a atenção, primeiramente pela capa, a capa é linda e depois pela sinopse, que está uma coisa! E agora você me faz ler essa resenha e eu fico como, cheio de curiosidade! Eu quero esse livro e sua resenha me fez aumentar mais alguns "quero"! Parabéns pela resenha, muito bem escrita!!

    Abraços e até!

    lendoferozmente.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Luan, espero que tenha a oportunidade de ler o livro em breve.
      E fico muito feliz que tenha gostado da resenha, muito obrigada mesmo <3.

      Excluir
  8. Eu achei a capa muito bonita. Mas o discurso ideológico do livro não faz parte do meu estilo literário. Não curto livros cristãos, não muito.
    http://www.poesianaalma.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mesmo o livro retratando bastante sobre a fé da protagonista a obra não é um livro cristão e sim um livro que mostra que devemos viver, reclamar mesmo e ver que sempre haverá pessoas que sofrerão mais que a gente.
      Espero que mude seu conceito em relação a obra, Lilian.
      Mesmo assim muito obrigada pela sua opinião e comentário :)

      Excluir
  9. Olha eu tenho o livro O LADO BOM DA VIDA, mas eu ainda não li, mas queria te perguntar uma coisa, porque na sua resenha você foi bastante objetiva, mas falou bem pouco para não dar spoiler, mas queria saber se o livro é PESADO, porque fiquei interessada nele, mas eu não sei, fiquei em dúvida. Por favor, se você puder me dizer ficarei muito feliz, porque com certeza ele entrará para minha lista de leitura. Adorei tudo que abordou sobre o livro. Me pareceu bastante interessante. Espero que seja bom mesmo, porque eu gosto desses livros que nos fazem refletir sobre a vida =]

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/05/resenha-como-ser-popular.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Silvana, realmente tive que falar pouco sobre a obra por ser uma obra muito focada na vida da protagonista e não queria avançar tanto o sinal, mesmo achando que eu falei muito alias kkk. Mas respondendo sua pergunta, não a obra não é pesada. Ao contrário, como falei na resenha ela é leve, divertida mesmo tendo partes emocionantes não passa disso. Leia sem medo <3

      Excluir
  10. Que livro lindo parece ser! Nunca li nada do autor, mas tenho muita vontade, só leio resenha positivas! Adorei sua resenha, fiquei ainda mais com vontade de conhecer a obra!
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Não conhecia o livro, mas sua resenha está tão cativante que preciso lê-lo para ontem.
    Gostei de saber que apesar de todas as dificuldade, Amber mantem sempre a positividade. Quero muito conhecer essa "tempestade" que você disse que o livro é.
    Acredito que a história tem tudo para me agradar.
    Beijos.

    Li
    literalizandosonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Confesso que eu estava animada demais pra ler esse livro, mas conteúdos religiosos sempre me deixam o pé atrás. Não sei, eu sempre fico com medo de me decepcionar com o posicionamento do autor em relação ao assunto sabe? Mas gosto do Matthew, acho que leria qualquer coisa dele, então não vou descartar o livro de cara.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi, tudo bem?
    Eu ainda não li nada desse autor apesar de ter muita curiosidade de ler algum livro dele.
    Acho que quase uma rockstar era o que menos me interessava dos livros do autor, mas sua resenha está bem atrativa.
    Gosto de obras onde temos personagens cheios de fé e de esperança!


    Beijos :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  14. Oie! Tudo bem?

    Confesso que me interessei por esse livros por três motivos:

    1 - a capa;
    2 - o autor;
    3 - sua resenha.

    Gostei da parte de sentir toda a essência do livro. Amo quando isso acontece.

    Beijos,

    Juliana Garcez | Livros e Flores

    ResponderExcluir
  15. Oi,
    É tão bom quando o livro nos envolve de tal forma, a sensibilidade do autor nos fascinar e no fim não se trata de só mais um história, conseguimos aprende algo com os personagens, muitos livros acontece isso comigo, mas são poucos que me marcam de verdade, pelo que vi aqui na sua resenha esse será um deles, vou deixa a essência e sensibilidade me guia durante a leitura.
    Parabéns pela resenha
    Beijos



    Mari - Stories And Advice

    ResponderExcluir
  16. Oii, tudo bem?
    Quero ler Quase Uma Rockstar pois amei O Lado Bom da Vida e quero ler outras coisas do autor.
    Não sabia que a Amber sofria tanto, e acho que vou gostar dela, por essa questão de não perder a fé.
    Bjs

    A. Libri

    ResponderExcluir
  17. Olá Irisvanda, tudo bem ?

    Mulher, acredita que pelo título e pela capa eu esperava algo como "Escola do Rock" (acho que o nome do filme é esse, rs) ?

    Me decepcionei um pouco com sua resenha, pois percebi que estava errada :c . Perdi a vontade de ler, rs. Ainda bem que não gastei meu precioso dindin. Imagina se eu compro, leio e caio na depressão?

    HAHAHAHA

    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Eu amo quando sou surpreendida por um livro que eu tenho quase certeza que não vai me agradar. É uma das melhores sensações, quase como descobrir um tesouro escondido rs.
    Tenho certeza após ler a sua resenha que me daria bem com a Amber, agora fiquei com vontade de ter essa obra nas minha coleção *-*
    Angel Sakura
    www.euinsisto.com.br

    ResponderExcluir
  19. Nossa, que bacana. Pela capa eu jamais diria que a história era essa.
    Na verdade já tive várias oportunidades de comprar esse livro mas nunca o fiz meio que por preconceito a capa.
    Sua resenha me fez mudar totalmente de opinião.
    Parabéns!!
    Estou seguindo o blog!!

    www.saladadelivro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  20. Wow, não dava nada para esse livro, mas a sua resenha me ganhou. Adoro histórias assim, que nos inspiram a viver com mais otimismo e a manter a fé ao enfrentar dificuldades. Fiquei muito interessada na Amber e nos demais personagens… Tenho certeza de que esse livro me cativaria tanto quanto cativou você, flor. Anotei a dica!

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir

Arquivo do Blog

Visualizações