segunda-feira, 28 de julho de 2014

[RESENHA]: 1984- George Orwell.

1984 - George Orwell

“Mil novecentos e oitenta e quatro” oferece hoje uma descrição quase realista do vastíssimo sistema de fiscalização em que passaram a assentar as democracias capitalistas. A electrónica permite, pela primeira vez na história da humanidade, reunir nos mesmos instrumentos e nos mesmos gestos o trabalho e a fiscalização exercida sobre o trabalhador. O Big Brother já não é uma figura de estilo – converteu-se numa vulgaridade quotidiana.
Prefácio: José Pacheco Pereira
Titulo: 1984
Autor: George Orwell
Editora: Companhia da Letras
Ano: 2009
Páginas: 416
Classificação: 


Em 1984 o mundo é dividido em três grandes blocos: Eurásia, Lestásia e Oceania que alternam eternamente entre guerras e alianças. O protagonista Winston trabalha para o Ministério da Verdade. Na área de falsificação de documentos, livros, jornais e enfim. Qualquer coisa que o jornal publica, ou um livro é revisado pelos membros desse Ministério para que não aja nada contra o governo e o mundo que eles estão tentando “construir” e se estiverem de acordo então pode publicar. Um mundo completamente autoritário, onde o duplipensar é o maior componente do governo. Onde ocorre uma redução do idioma Inglês para diminuir as palavras e com isso os pensamentos fossem iguais.

O governo é dividido entre governadores, vereadores, presidentes e o grande chefe conhecido como Big Brother (Como também famoso reality show, que foi inspirado por este livro), chamado de Grande Irmão um ser que ninguém conhece a forma, mas que "todos" respeitam e temem. Nesse mundo também existe as teletelas que são circuladas nas cidades, casas, em todos os tipos de lugares. Uma forma que o Governo criou para saber e manipular o pensamento e o reagir das pessoas. Qualquer expressão, movimento que faça o governo e o Grande Irmão desconfiarem, o Grande Irmão ver através das teletelas e grita ou faz algo pior contra a pessoa ou quem estiver de acordo.

O maior lema do livro inteiro é: Estou de olho em você. Um lema que criaram para mostrar que cada passo, cada pensamento o governo sabe e que as conseqüências irão ter. E também o lema: 2+2= 5...
O protagonista Winston mesmo vivendo nessa época, ele percebe que essa paz e as promessas que o governo demonstra ter, é tudo uma farsa. Com isso ele acaba criando uma revolta pelo governo. Por está confuso pelo fato de antes da guerra era uma forma e depois mudou completamente.
A maior duvida que ele tem é se realmente o mundo está melhor agora ou no passado.
E por essas duvidas e algumas ações do governo ele acaba mudando de lado e cria um pensamente completamente diferente do que ele tinha. 

Um pensamento que é completamente proibido para o governo e a sociedade geral. E umas das contras regras que ele destrói é não sentir desejo, prazer, amor, sentimento por nenhuma mulher. Mas isso muda quando ele conhece a Julia. Uma mulher mais jovem que ele, e que também é completamente revoltada com o governo e como eles estão mudando. Com isso eles tentam mudar a diferenças e conseguir sobreviver contra o governo que está sempre vigiando as pessoas e conseguirem superar e se amarem.

O livro é divido em três partes: A primeira é o auto controle do Winston e os pensamentos dele e como ele consegue esconder o descontentamento dele sobre o Governo e a explicação do mundo onde ele vive. A segunda é sobre o inicio de um relacionado do Winston e Julia e como eles conseguem superar e esconder esse relacionamento e o inicio de uma revolta contra o governo dos personagens. E o terceiro é o grande desfecho da história.

Um livro completamente pessimista do inicio ao fim, completamente forte, pesado e completamente real. Um mundo totalitário onde o governo está aumentando seu poder cada vez mais e as pessoas estão cada vez perante a eles.Se vocês querem um livro leve, divertido, uma leitura rápida eu realmente não indico.
Agora, super indico para as pessoas que gostam de ampliar a mente, e que tenha muito fôlego e força de vontade rs. Foi uma leitura muito gratificante, mesmo sendo uma leitura difícil e lenta (tinha que ser, se não traria o mesmo sentimento). Foi realmente uma leitura digamos... Maravilhosa.
E que está mais que indicada. 

Espero que tenham gostado amores. E desculpe pela resenha grande, mas né...kkk.
Beijos e até a próxima!

9 comentários:

  1. Oi, tudo bom?
    Sou louca para ler esse livro. Ele está na minha lista de desejados faz muito tempo... Um dia ainda vou ler. Adorei a sua resenha, parabéns! E também adoro o seu blog...
    Beijos,
    http://itsmeflavia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Adorei sua resenha!
    Quero muito ler esse livro, já faz muito tempo, mas acabo sempre protelando e pegando um livro mais "atual"
    =D

    http://osdragoesdefogo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Esse parece ser um grande escritor, mas os livros deles não são para mim. Nunca me interessei por nenhum dele, e esse não vai ser a exceção.
    Fico feliz que tenha gostado do livro e espero que tenha mais leituras como esss
    Abraços.
    http://www.ler-e-ser-feliz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Antes de tudo,quero dizer que simplesmente amei o layout do seu blog, simplesmente perfeito <3 Quanto a resenha,tenho que dizer que fiquei super curiosa para realizar a leitura. Apesar de ter sido um pouco difícil e lenta, gostei da abordagem sobre política, me deixou bem curiosa ^^" Parabéns pela resenha ^^"

    Bjs!
    @PollyanaCampos
    Entre Livros e Personagens

    ResponderExcluir
  5. Ah, eu sempre quis ler esse livro, e agora com sua resenha estou querendo mais ainda rsrs. Espero gostar tanto quanto você!
    Beijos,
    Renata.
    viciadas-em-livros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Irisliiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiinda! <3 Uma salva de palmas para você, por favor! Sua resenha está sensacionalíssima! (se ainda não existe, acabei de inventar) Para quem estava com dificuldades, você se superou muito! Amei a resenha, principalmente os parágrafos finais! Que orgulho aqui, você conseguiu transmitir bem que o livro é super recomendado, mas que tem que ter paciência com ele! *-* Divou!
    Muitos beijos e muito sucesso, amada! <3

    www.bibliophiliarium.com

    ResponderExcluir
  7. Oi, Florzinha! Tudo bom? <3
    Esse é um livro que está na minha lista faz um bom tempo, juro que pretendo ler, mas minhas lista está tão grande, que estou arrancando os cabelos aqui!
    Tinha esquecido como o tema da história me encantou, ao mesmo tempo absurdo mas encantador por ser algo único, não é mesmo? EU sempre fico perdida quando quero transmitir meus sentimentos pelo livro, mas o que me deixa mais feliz ainda, é ver mais uma resenha positiva sobre o livro e vindo de uma opinião totalmente confiável! <3

    Beijinhos,
    Percepções Blog | Grupo: Mais um livro, Por favor!

    ResponderExcluir
  8. Oi :)
    Nossa me caiu muito bem esta resenha, pois tem tempos que quero ler esse livro e confesso que nunca tive coragem de ler nenhuma resenha , mas fiquei com vontade de conferir através de suas palavras o que o livro retrata e fiquei chocada porque me deu uma vontade enorme de começar a ler agora mesmo. Pena que eu não tenho o livro :(
    Ele é caro demais :(
    Preciso achar uma edição mais antiga em algum sebo por aqui.
    Ameiii, parabéns e obrigada por me fazer querer ele para ontem rs !

    Beijinhos <3

    ResponderExcluir
  9. Já vi esse livro em vários blogs e canais no youtube, estou louca para ler!

    ResponderExcluir

Arquivo do Blog

Visualizações